Data da ultima atualizaçao
Pulmonar - Pela sua Saúde Respiratória - Leitura 03/08/2012



Notícias

Não confunda bronquiolite infantil com asma


A bronquiolite é uma doença das vias respiratórias, mais frequente após infecções respiratórias. Com a saúde frágil, a infecção pelo vírus sincicial respiratório (VSR) leva à inflamação nos bronquíolos, que passam a produzir mais muco (catarro), que se acumula e acaba obstruindo a passagem do ar, explica o dr. José Eduardo Delfini Cançado, Presidente da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT).

A doença acomete principalmente as crianças menores de dois anos de idade, especialmente os meninos, que apresentam naturalmente as vias aéreas inferiores - brônquios e bronquíolos - mais estreitas que as das meninas.

Ocorre com maior freqüência nos meses de outono e inverno, período em que há maior circulação deste vírus.

Sintomas como, tosse, falta de ar, chiado no peito, febre, obstrução nasal e a perda de apetite são alguns dos indícios da bronquiolite. Alguns casos trazem também febre alta e persistente e recusa de alimentos e líquidos, levando o paciente à desidratação.

Por conta dos diversos sintomas comuns a ambas, nem sempre é simples diferenciar a bronquiolite de uma crise de asma. Por este motivo, ao primeiro sinal de desconforto, é importante encaminhar a criança para avaliação médica. Só o especialista poderá identificar a doença corretamente e orientar o tratamento mais adequado, rapidamente. Conforme o estado de saúde do paciente, a presença de complicações e o grau de desconforto respiratório, podem ser necessários hospitalização e fisioterapia respiratória.

“As doenças respiratórias agudas são as principais causadoras de morte infantil. Isso porque, nem sempre as famílias conseguem identificar que a irritação e a recusa alimentar do bebê são, na realidade, uma enorme falta de ar. Por isso é muito importante que a mãe esteja atenta a estes sintomas e encaminhe seu filho ao médico tão logo perceba os sintomas”, explica a dra. Marina Buarque de Almeida, pneumopediatra da SPPT.

Mas não são apenas as crianças que são acometidas pelo Virus Sincicial Respiratório. Segundo a dra. Marina, o VSR pode também acometer os maiores e inclusive adultos. “Nestes casos geralmente são acometidos apenas as vias aéreas superiores, como nariz, laringe, faringe e seios paranasais, não chegando aos pulmões, como acontece em crianças menores”.

Postado em 26/10/2009 e Revisado em 03/03/2010 

Voltar

© 2017 www.sppt.org.br - Este site é mantido pela Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia
O conteúdo publicado neste site possui caráter meramente informativo. as informações aqui publicadas não devem ser usadas para a execução de diagnósticos, procedimentos ou tratamentos sem prévia orientação médica.
Consulte sempre o seu pneumologista.

Itarget