Data da ultima atualizaçao
Pulmonar - Pela sua Saúde Respiratória - Falta de ar 03/08/2012



Falta de ar

 

FALTA DE AR

 

O que é?

Falta de ar, ou “dispneia” (“respiração ruim”) é um sintoma que reflete a dificuldade para respirar que pode ser interpretada como fôlego curto, “fome de ar”, sensação de sufocamento ou até mesmo aperto no peito, podendo gerar grande limitação nas atividades de vida diária.

 

Quais são as principais causas?

As principais causas de dispneia são as doenças respiratórias, como infecções, asma, DPOC, doenças intersticiais e outras. Além disso, algumas doenças cardiovasculares também podem levar a dispnéia, como insuficiência cardíaca congestiva. Anemia e fraqueza muscular também são causas que devem ser consideradas.

Na consulta: o que o pneumologista vai querer saber?

Para o diagnóstico correto, é importante informar ao pneumologista o início dos sintomas, a progressão, as atividades para as quais a limitação é maior, assim como a presença de fatores de melhora ou piora (por exemplo, se a falta de ar piora quando se deita ou quando se levanta). A presença de outros sintomas e outras doenças (pressão alta, anemia etc) também serão questionadas pelo seu médico.

Qual é o tratamento?

Para saber a causa da falta de ar, além das informações de história clínica e do exame físico, o seu pneumologista poderá solicitar alguns exames, como radiografia de tórax, espirometria e ecocardiograma.  De acordo com as alterações, será possível diagnosticar a causa da dispneia e o tratamento vai variar de acordo com a doença, podendo ser feito através de medicações por via oral ou medicações inalatórias. É importante saber a causa antes de tomar qualquer medicação.


Atualizado em 25/06/2012


© 2017 www.sppt.org.br - Este site é mantido pela Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia
O conteúdo publicado neste site possui caráter meramente informativo. as informações aqui publicadas não devem ser usadas para a execução de diagnósticos, procedimentos ou tratamentos sem prévia orientação médica.
Consulte sempre o seu pneumologista.

Itarget